TOP
Bem-estar Moda e Beleza Relacionamento

“Light Paint: uma nova arma contra a depressão, Alzheimer e Mal de Parkinson”

133 titulo

Você já ouviu falar de Light Paint? O termo em inglês significa pintura com luz, uma técnica antiga, mas que, ultimamente, ganhou novos adeptos e, principalmente, novas utilidades. Uma delas, muito importante para quem tem pais ou parentes idosos. E que, talvez um pouco adiante, possa ser de grande utilidade para nós, mulheres maduras. A prevenção de doenças como depressão, Alzheimer e Mal de Parkinson.

 

A prevenção de doenças como o Alzheimer é importante para nós e para quem a gente ama.

A prevenção de doenças como o Alzheimer é importante para nós e para quem a gente ama.

 

Antes, porém, saiba como é feita a pintura com luz. É um arte que utiliza uma lanterna para se fazer um desenho em determinado cenário, cuja revelação se dará através da luz de Led e do sistema digital de uma câmera fotográfica.

 

“A fotografia comum revela o que o fotógrafo vê, já a pintura com luz revela a imaginação do pintor. Só quem desenha sabe o que está sendo feito. Para os outros, é uma surpresa. Com isso, não há julgamentos precipitados, o que leva o participante não desistir no meio do caminho”, explica o professor de Light Paint, Fabio Andrade, integrante da LPWA – Light Paint World Alliance, aliança mundial que busca introduzir a técnica no mercado da arte.

 

O Light Paint é uma arte que utiliza uma lanterna para se fazer um desenho em determinado cenário, cuja revelação se dará através da luz de Led e do sistema digital de uma câmera fotográfica.

O Light Paint é uma arte que utiliza uma lanterna para se fazer um desenho, revelado através do Led da câmera fotográfica.

 

Falemos agora dos benefícios para a saúde pós-50. A técnica da pintura com luz pode prevenir doenças muito comuns em idosos, como o Alzheimer e o Mal de Parkinson. Além delas, também previne a depressão, que acomete muitas mulheres maduras. Trata-se de uma arte-terapia que estimula novas formas do cérebro atuar, produzindo assim novas sinapses.

 

A pintura com luz é uma arte-terapia que estimula novas formas do cérebro atuar, produzindo novas sinapses.

A pintura com luz estimula a memória de curto prazo, o que ajuda a prevenir o Alzhemier.

 

“Novas tarefas geram uma sensação de recompensa, prazer. E tais sentimentos previnem a depressão e algumas demências leves. A pintura com luz faz o cérebro ficar ativo e, consequentemente, estimula o auto desafio, a confiança e a motivação, para chegar na autoestima. A técnica também estimula a memória de curto prazo e orientação espacial, exige bom planejamento e uma sequencia de ações, o que ajuda a prevenir o Alzheimer. Além disso, faz com que os participantes realizem trabalhos que estimulam a motricidade fina, o que contribui para a prevenção ao Parkinson”, enfatiza Fabio.

 

Alguns trabalhos estimulam a motricidade fina, o que contribui para a prevenção ao Mal de Parkinson.

Alguns trabalhos estimulam a motricidade fina, o que contribui para a prevenção ao Mal de Parkinson.

 

Fabio Andrade, formado em Comunicação Social e Psicopedagogia, ministra oficinas de Light Paint em qualquer lugar o Brasil. Para tanto, deve ser fechado um pacote que inclua alguns participantes, de qualquer idade. Seu trabalho pode ser visto no site www.efa.art.br e os interessados devem entrar em contato através do e-mail contato@efa.art.br.

 

O professor Fabio Andrade ministra oficinas de Light Paint em qualquer lugar o Brasil.

O professor Fabio Andrade ministra oficinas de Light Paint em qualquer lugar o Brasil.

 

“Considero o Light Paint a 12ª arte, já que é uma terapia que une as demais 11 artes. Com ela, é possível melhorar a autoestima de crianças, de portadores de deficiências (físicas, mentais e sensoriais), adultos e idosos. A técnica facilita adaptações ao cotidiano, faz com que o participante aprenda a lidar com mudanças naturais do ambiente e melhora as relações interpessoais. Para muitos, o Light Paint traz um resultado que vai além de qualquer terapia. Ele ajuda a pessoa a voltar a sorrir”, finaliza Fabio.

 

Veja a evolução de um trabalho realizado por um deficiente visual.

Veja a evolução de um trabalho realizado por um deficiente visual.

 

Comente com o Facebook

Tags:         

«
»