TOP
Reflexões

“AMO A MULHER QUE ME TORNEI… LUTEI MUITO PRA SER ELA!”

1 - titulo 3

Por Vania B

Entre todas as frases postadas diariamente na internet,

esta, que dá título ao texto, me fez parar e refletir.

Desde que me lembro, sempre fui a Vania de alguém: a Vania filha de fulano,

a Vania da empresa X, a Vania esposa de sicrano, a Vania mãe de alguém…

Ninguém pode ser feliz sendo "meio alguma coisa".

Ninguém pode ser feliz sendo “meio alguma coisa”.

De repente 50, de repente 60 e eu sou só a Vania: independente, ativa, dinâmica,

interessada, inteira, sem rótulos.  Sem essa coisa antiga de “metade da laranja”,

“tampa da panela”. Ninguém pode ser feliz sendo “meio alguma coisa”.

 

Hoje, faço coisas que só interessam a uma pessoa: EU.

Viajo pra lugares que EU gosto, assisto filmes que ME agradam, uso roupas que EU escolho…

Existe algo mais gratificante?

Priorize sempre as coisas que te fazem feliz!

Priorize sempre as coisas que te fazem feliz!

Solidão? É claro que sinto, às vezes (quem não sente?).  Mas aprendi a conviver com ela.

Aprendi que curtir um domingo de pijamas, vendo TV e comendo pipoca, pode ser delicioso.

 

Mas, o mais relevante: aprendi que ser eu mesma, me preocupar em me

fazer feliz é o que importa. A vida passa, os amigos mudam, os filhos crescem…

E, então, aprendi a fazer da minha pessoa a melhor companhia, sempre!

Faça da sua pessoa a melhor companhia, sempre!

Faça da sua pessoa a melhor companhia, sempre!

Realmente, lutei muito pra ser a mulher que me tornei: estudei, trabalhei,

fui uma esposa dedicada, uma mãe amorosa e presente, uma amiga fiel.

 

Amei cada etapa, cresci em cada fase e agora

colho os frutos da minha luta: FELIZ, FELIZ, FELIZ!

Dedico esta rosa às minhas leitoras que, como eu, buscam ser FELIZ!

Dedico essa rosa às minhas leitoras que, como eu, buscam ser FELIZ!

Comente com o Facebook

Tags:   

«
»